The King, Timothée Chalamet e Robert Pattinson estão em guerra no Netflix
  • Timothée Chalamet e Robert Pattinson estão em guerra no Netflix



    Depois de, no ano passado, a Netflix ter estreado “Legítimo Rei” — uma espécie de prequela de “Braveheart” —, a plataforma tem agora uma nova produção épica de guerra medieval.

    • Os 4 signos mais ciumentos do zodíaco
    • Com fantasia ousada, Paolla Oliveira encanta como bruxa
    • Isadora Ribeira é avó aos 54 anos: “Explodindo de felicidade”
    • IPTV sofre derrota; Openload e Streamango são tirados do ar

    “The King” estreou nesta sexta-feira, 1 de novembro, e é um drama realizado e escrito por David Michôd, e Joel Edgerton, que também interpreta uma dos personagens da história. A empresa Plan B, de Brad Pitt, produz este projeto.

    Joel Edgerton
    Joel Edgerton

    A história baseia-se nos acontecimentos históricos da Inglaterra feudal do século XV, mas também nas peças de William Shakespeare que ficaram conhecidas como “Henriad”.

    Depois de ser a grande estrela de “Um Dia de Chuva em Nova Iorque”, o novo filme de Woody Allen, Timothée Chalamet é o protagonista de “The King”. O ator de 23 anos tem o papel do príncipe Hal (por coincidência, o nome completo do ator é Timothée Hal Chalamet).

    Aqui, Chalamet dá vida ao personagem-titular, que ascende ao trono inglês após a morte do pai e do irmão. Antes conhecido como Hal, o regente britânico condenava as desnecessárias táticas bélicas do pai, o atual comandante do país, e o comportamento mimado e inexperiente de Thomas, o caçula da família.

    Essa é a real causa de Hal ter se recuado na bebida e preferido a companhia de seu amigo ex-veterano de guerra John Falstaff (Joel Edgerton) no condado de Eastcheap. Entretanto, sua plácida e promíscua vida muda bruscamente quando ele se impõe para tentar salvar o irmão e acaba desencadeando um efeito dominó que o leva à coroa, desagradando boa parte do clero e da nobreza que não faziam nada além de menosprezar as habilidades do jovem.

    Hal não tem qualquer desejo pela coroa ou por se reconciliar com o pai — mas claro que é por aí que vai ser o seu destino. Ao tornar-se rei de forma repentina, Hal — agora com o nome de Henry V — vai ter de encontrar o guerreiro e líder que existe dentro de si, e explorar o seu lado mais inteligente e nobre.

    Robert Pattinson
    Robert Pattinson

    Só assim poderá bater os outros pretendentes ao trono, como Dauphin de França (Robert Pattinson), com quem vai estar em guerra pelo reino. Inglaterra contra França.

    O filme promete ter várias cenas épicas de batalha, de sangue e lama, com um realismo brutal e obscuro. A narrativa está envolta em intrigas políticas, traições, guerra e o caos causado pela morte do rei.

    Em simultâneo, existe uma transformação e evolução da personagem de Chalamet — ao longo das duas horas e 20 minutos que dura o filme.

    Lily-Rose Depp, a filha de Johnny Depp
    Lily-Rose Depp, a filha de Johnny Depp

    Lily-Rose Depp, a filha de Johnny Depp e Vanessa Paradis, interpreta Catherine de França, a potencial mulher do protagonista, que funciona quase como a consciência da história. Curiosamente, Lily-Rose Depp e Timothée Chalamet começaram a namorar depois das gravações de “The King”.

    Até agora, a imprensa especializada tem escrito sobretudo críticas favoráveis a “The King” (com grande destaque para a interpretação dos atores).

    O elenco inclui ainda Thomasin McKenzie, Sean Harris, Tara Fitzgerald, Dean-Charles Chapman, Tom Glynn-Carney e Ivan Kaye, entre outros. Tiveram aulas para aprender a montar a cavalo e a lutar com espadas. As gravações aconteceram no ano passado no Reino Unido e na Hungria.

    arrow