Cena do especial da Natal do Porta dos Fundos

A decisão do desembargador Benedicto Abicair, do Estado do Rio de Janeiro, de determinar que a Netflix suspenda a exibição do especial de Natal “A Primeira Tentação de Cristo”, do grupo “Porta dos Fundos”, ainda era um dos assuntos mais comentados do Twitter no Brasil na manhã desta quinta-feira (9). Vários famosos se manifestaram em suas redes sociais para criticar a decisão judicial.

Diogo oferece dinheiro a Pessanha para atentar contra Paloma. Nesta quinta (9/1), em “Bom Sucesso”

Wesley filma Belizário recebendo dinheiro de Álvaro. Quinta (9/1), em “Amor de Mãe”

Conheça os patrimônios culturais que podem sumir com uma possível guerra no Irã

“O Estado interferir para excluir ou proibir um conteúdo é CENSURA”, comentou em sua conta o humorista Danilo Gentili.

“A liberdade da cultura no Brasil acabou. O precedente que isso abre é imenso”, postou o youtuber Felipe Neto.

O especial causou polêmica por retratar Jesus como homossexual e gerou uma série de reações agressivas ao grupo. Em dezembro, a sede da produtora do “Porta dos Fundos” foi alvo de um atentado com coquetéis molotov.