Rafa Brites comemora demissão de chefe da Globo que a abusou moralmente. Foto: reprodução Instagram

A apresentadora Rafa Brites de 34 anos, comemorou nesta segunda-feira (15) a demissão de um diretor que abusou dela moralmente.

Rafa usou o stories da sua conta no Instagram e fez um longo desabafo, explicando a situação toda para seus seguidores.

+ Vídeo: Avião cai em cima de carro e mata três pessoas
+ Adriana Esteves defende vilã de Amor de Mãe em conversa com Ana Maria Braga
+ Vladimir Brichta vai contracenar com sua filha pela primeira vez “Quanto mais vida melhor”

“Acabei de receber uma notícia e senti que a justiça foi feita. Um diretor com quem trabalhei e sofri abuso moral duas vezes finalmente foi afastado da Globo por este motivo”

Ela continuou, dizendo que o perdoa mas é bom que não deixem as atitudes passarem desapercebidas:

“A ideia não é expor ninguém, porque cada pessoa está no seu caminho evolutivo, e provavelmente ele vai encontrar o caminho dele para corrigir os erros do passado. Eu pessoalmente já perdoei ele. Mas é bom ver que alguns setores de empresa funcionam.”

Continuou:

“Isso só foi possível porque a Globo tem um setor chamado ‘Compliance’. Na época fui ouvida, de fato fui acolhida pela empresa, ele saiu do programa que eu tava, e agora, pelo jeito, aconteceu com mais pessoas”

A apresentadora não deu mais detalhes sobre o nome do diretor, mas disse que muitas mulheres sabiam:

“Fiquei muito feliz, porque até aquela época nunca ninguém tinha gritado comigo daquele jeito. Assim, de aparecer veia. Nem minha mãe, meu pai, nem ninguém. Eu não sou uma pessoa de grito, sempre resolvo conversando. Nunca tinha acontecido. Ele gritava comigo porque eu falei que ia fazer um curso de clown, de palhaço, no fim de semana. Uma loucura. Nessa segunda vez a gente já tinha um grupo de mulheres no whatsapp. Tinha diretoras, atrizes, cenógrafas, e eu falei, perguntei se estava louca. Na hora várias mulheres como Taís Araújo, Patrícia Pillar me falaram para ligar lá, me falaram que iam apoiar.”

Rafa Brites comemora demissão de chefe da Globo que a abusou moralmente. Foto: reprodução Instagram