De férias na Bahia, Marina Ruy Barbosa arrasa em foto de biquini

Durante uma live, o autor Walcyr Carrasco confessou que “matou” a personagem de Marina Ruy Barbosa em “Amor à vida”(2013) após ela ter se recusado a cortar os cabelos. Com a polêmica, a ruiva decidiu se pronunciar sobre o assunto.

+Netflix divulga trailer do filme “Amor Garantido”
+Globo exibe “Resident Evil 5: Retribuição” nesta quinta-feira (20)
+Sessão da Tarde exibe “Shrek Terceiro” nesta quinta-feira (20)

“Não foi uma decisão irresponsável, muito menos leviana. Após uma longa conversa com a direção da emissora da época, chegamos juntos a essa conclusão, de que não fazia sentido pela forma como tudo estava sendo tratado”, disse Marina, em entrevista para a colunista Fábia Oliveira, do jornal “O Dia”.

Na trama, a atriz interpretava Nicole, jovem diagnosticada com câncer e que teria que passar por uma quimioterapia. Marina lamentou que na época os atores não tinham acesso direto aos autores como acontece hoje em dia.

“Nunca nos falamos, nem no momento em que fui chamada pra novela, durante o trabalho ou depois de tudo. Uma pena não ter tido a chance de conversar e entender o que se passava na cabeça do Walcyr.”