Band paga R$ 500 mil para Luize Altenhofen após perder ação trabalhista

A Band notificou a Justiça do Trabalho que cumpriu a sentença trabalhista que mandou a emissora paulista pagar R$ 500 mil para Luize Altenhofen, jornalista e modelo que foi apresentadora esportiva da emissora entre 2007 e 2012.

+ Ex-BBB Gizelly pensa em entrar na política
+ Ator de “Crepúsculo” e namorada são encontrados mortos
+ Joaquin Phoenix e Rooney Mara esperam chegada do primeiro filho

Segundo o UOl Esportes, além do alto valor de meio milhão de reais, a Band também foi condenada a pagar as custas processuais da tramitação do processo, que corre desde 2015 – o valor estipulado foi de R$ 10 mil.

Luize Altenhofen pedia inicialmente R$ 1,7 milhão, cotando danos morais e reconhecimento de vínculo empregatício. Segundo a reclamação, ela trabalhou em 2009 apresentando programas quando ainda deveria estar de licença-maternidade após ter sua única filha, Greta, hoje com 10 anos.

A apresentadora também pediu pagamento de 13° salário, férias e aviso prévio no período em que trabalhou na Band mesmo tendo sido contratada como PJ (Pessoa Jurídica). O TST (Tribunal Superior do Trabalho), em último recurso, deu ganho de causa para Luize Altenhofen, mantendo a decisão em primeira instância da Justiça do Trabalho de São Paulo e reconhecendo o vínculo empregatício da profissional com a Band.

Luize Altenhofen está fora da televisão desde 2016. Seu último trabalho foi como apresentadora esportiva do SBT, durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, onde ela produziu reportagens e apresentou o bloco esportivo com novidades dos jogos nos telejornais da emissora de Silvio Santos naquele ano.